Nesta segunda-feira (26), a prefeitura Municipal através da Gerência de Educação em parceria com a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul em Sonora, realizaram uma palestra com o tema, “Métodos e Formas de Prevenção ao Suicídio”. O palestrante foi o Oficial Capelão do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso do Sul, Capitão Edilson dos Reis, que também atua como professor, pesquisador e Coordenador do Curso de Prevenção ao Suicídio do Hospital Universitário da Universidade Federal de MS.

O evento aconteceu no plenário da câmara de vereadores e contou com cerca de 300 participantes entre eles, policiais militares, professores e alunos da rede municipal de ensino e integrantes do Projeto Patrulha Mirim de Sonora. A palestra faz parte do Programa de Valorização à Vida e tem o objetivo de alertar a sociedade dos sinais que se apresentam em pessoas que tenham tendência a cometer o suicídio.

O Capitão Edilson, falou sobre os sinais iniciais desse mal, e como identificar as pessoas doentes e como tratar. “Para podermos ajudar, precisamos identificar os sinais da depressão e suas características. Precisamos propagar que a única forma de prevenção é saber ouvir, saber identificar os sinais que a depressão mostra. Temos que falar sobre o suicídio, criando espaços para escuta das palavras, passando sobre a importância de falar com alguém, sobre o que está sentindo e o que está passado, por que quando não uma pessoa não fala das suas angústias, a dor só aumenta”.

O comandante da Policia Militar de Sonora, Tenente Naércio Calvi, falou sobre o tema destacando a importância dos projetos que a corporação em parceria com a prefeitura vem desenvolvendo, como o Bom de Bola Bom na Escola, Proerd e Patrulha Mirim. “Somente neste ano, vamos atender mais de mil alunos, contemplados com os projetos sociais que falam diretamente e abertamente sobre as drogas licitas e ilícitas, encontradas com facilidade nos dias de hoje. Temos que também mostrar, assim como nosso palestrante explanou, os perigos das redes sociais e do fácil acesso das crianças à internet”, concluiu Calvi.

ATENÇÃO/ALERTA

O suicídio é um fenômeno complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Mas o suicídio pode ser prevenido! Saber reconhecer os sinais de alerta em si mesmo ou em alguém próximo a você pode ser o primeiro e mais importante passo. Por isso, fique atento (a) se a pessoa demonstra comportamento suicida procure ajudá-la.