Nesta quinta-feira 29, na feira do produtor, a gerência de Assistência Social e Trabalho de Sonora, realizou um seminário com as famílias beneficiárias do Bolsa Família do município de Sonora. Participaram cerca de 230 pessoas, e receberam orientações e informações sobre os atendimentos realizados nas unidades do CRAS CREAS e Conselho Tutelar, também foram distribuídos aos participantes panfletos informativos sobre estes órgãos e as atividades sociais oferecidas no município.

O CRAS tem por finalidade receber e acolher famílias que estão em risco social, faz acompanhamento das através de visitas inseridas no programa Bolsa Família, faz divulgação e cadastro de programas sociais, acompanhamento às famílias atendidas, apoio nas avaliações da revisão de encaminhamento para aquisição de benefícios de prestação continuada para as pessoas com deficiências, assistência a grupos de convivência, idosos, adolescentes, crianças, gestante e realiza inscrição e atualização do cadastro único.

O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) é uma unidade descentralizada de política de assistência social, responsável pela organização e oferta dos serviços de proteção social básica do sistema único de assistência social (SUAS).

O CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social), é um serviço de enfrentamento à violência ao abuso e à exploração sexual contra as crianças e adolescentes e proteção social especial a indivíduos e famílias com direitos violados, também assiste e dá proteção social ao adolescente em cumprimento de medidas socioeducativas.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, encarregado de zelar pelo cumprimento dos direitos da Criança e Adolescente estabelecidos pela lei 8069/1990 ECA (Estatuto da Criança e Adolescente). O Conselho Tutelar deve ser procurado sempre que os direitos de uma criança ou adolescente, forem violados pela sociedade ou pelo poder público.

O Conselho Tutelar atende crianças e adolescentes em situação de risco social, que se encontram com seus direitos ameaçados ou violados crianças até 12 anos incompletos adolescentes de 12 a 18 anos incompletos.

Confira mais fotos