Prefeito anuncia melhorias nas escolas municipais de Sonora

Na última terça-feira (25), o prefeito de Sonora, Enelto Ramos, se reuniu com a gerente de Educação Clotilde de Sousa Silva Castro, com a coordenadora de Inspeção Infantil do município professora Maria Aparecida Freitas, com a professora Jacqueline de Carvalho Valentim, da Inspeção Educacional e com a professora Lívia Leite da Mata, da Inspeção de Educação Especial para ouvir as principais necessidades da rede municipal de ensino e pontuar as melhorias que serão realizadas.

Nos próximos meses, as unidades de educação receberão benfeitorias nas salas de informática e terão os quadros das salas de aula trocados. Também serão feitas brinquedotecas novas. Por fim, serão realizadas obras de ampliação das Unidades Educacionais Paulo Henrique Zanin e Irma Araldi Kohl.

Na reunião, a equipe de profissionais da educação também ressaltou os avanços que a Coordenação de Inspeção Infantil – núcleo dirigido pela professora Maria Aparecida – têm feito no acompanhamento pedagógico para coordenadores e diretores de ensino, investindo na educação continuada dos profissionais que tiveram que se adaptar ao novo normal que a pandemia impôs aos professores.

O prefeito Enelto Ramos informou que agora a prioridade é buscar esses recursos para garantir o conforto dos alunos e professores nas salas de aulas. “Nossos alunos precisam estar em um ambiente agradável para que possam desenvolver suas habilidades de adquirir conhecimento, e os professores, incentivados para ensinar. Por isso, vou atrás de investimentos e se Deus quiser, iniciaremos as obras de melhorias o quanto antes”, afirmou.

Projeto de Eficiência Energética: Sonora está mais iluminada com lâmpadas de LED

Por meio de Projeto de Eficiência Energética, Energisa fez a troca de equipamentos para evitar desperdício de dinheiro público

Os moradores de Sonora sentem desde o final do ano passado (2021) a diferença na iluminação pública do município. A Energisa, por meio do Projeto de Eficiência Energética, substituiu as luminárias com lâmpadas de descarga em alta intensidade por luminárias de LED.

A avenida Antônio de Oliveira Neto, antiga João Leite Schimidt, uma das principais avenidas da cidade também recebeu as novas lâmpadas e é possível notar a diferença de longe.

Com investimento de R$ 118 mil, foram instaladas 82 luminárias de LED, que resultam na economia de 95,91 MWh/ano. “A eficiência enérgica visa o uso consciente e seguro da energia elétrica. Com luminárias que têm vida útil bem maior, o município economiza não só com energia elétrica, mas também com manutenção. Quem ganha com tudo isso é a população, que também ganha em segurança, por ter as vias públicas bem iluminadas”, explica o diretor-presidente da Energisa em Mato Grosso do Sul, Marcelo Vinhaes.

“A cidade ficou muito mais bonita e mais iluminada com a troca das lâmpadas. Agora, a população se sente mais segura para uma caminhada ao entardecer ou praticar exercícios pela manhã. Sem contar a economia que o município vai ter”, pontua Enelto Ramos da Silva, prefeito de Sonora/MS.

Prefeitura realiza campanha de conscientização contra a COVID-19

Em vista do alarmante número de casos de coronavírus registrados no município nos últimos dias, a Prefeitura de Sonora, por meio da Gerência Municipal de Saúde, está promovendo a Campanha “Sonora Contra a COVID-19 #APandemiaAindaNãoAcabou”.

A Campanha “Sonora Contra a COVID-19 #APandemiaAindaNãoAcabou”, foi pensada durante reunião realizada na tarde de ontem (12), entre o prefeito Enelto Ramos da Silva e a equipe técnica da Saúde e visa reforçar as informações sobre os cuidados que a população deve ter para se prevenir contra o vírus, além da importância de completar o esquema vacinal.

“Não é hora de afrouxar as medidas, infelizmente essa ainda é a nossa realidade e para mudar esse cenário, precisamos ser conscientes e seguir as medidas de biossegurança e principalmente tomar a vacina’’, alertou o prefeito.

As ações de conscientização e prevenção baseiam-se na visita de comércios para a entrega de cartazes e informativos que podem ser fixados nas paredes e ou entregues aos clientes, além de reforçar o pedido do uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social.

Nos órgãos públicos também serão entregues flyers e cartazes.

A Prefeitura também fará anúncios que serão instalados nos principais pontos da cidade para informar a população sobre como proceder em casos positivos da doença, além de veicular nas rádios, nas ruas, nas redes sociais oficiais e site da Prefeitura, informações sobre prevenção, medidas de segurança e combate à COVID.

TESTE RÁPIDO
Os Testes Rápidos contra COVID-19 são realizados nos Postos de Saúde após consulta e prescrição médica. Pacientes que apresentarem sintomas gripais, deveram procurar as Unidades de Saúde e em casos graves da doença, como fortes desconfortos respiratórios, é recomendado procurar o Hospital de Sonora.

VACINAÇÃO
No sábado (15/01), das 8h às 11h no Salão Paroquial, haverá vacinação contra COVID-19, 1ª dose, 2ª dose e dose de reforço da Pfizer e dose de reforço da Janssen. Também será realizada a vacinação contra a gripe (Influenza) para pessoas acima de 6 meses e que não tomaram em 2021.

BOLETIM INFORMATIVO
De acordo com o último boletim epidemiológico (12/01), Sonora registrou um total de 2026 casos positivos da doença, sendo que 71 foram registrados somente na primeira quinzena de 2022.

Para mais informações, acesse as redes sociais da Prefeitura de Sonora:
Instagram: prefeituradesonora https://www.instagram.com/prefeituradesonora/
Facebook: Prefeitura de Sonora https://www.facebook.com/prefeituradesonora

 

Testes de leishmaniose visceral canina estão sendo oferecidos na Vigilância em Saúde

A Prefeitura de Sonora, por meio da Gerência Municipal de Saúde, está oferecendo testes gratuitos de Leishmaniose Visceral Canina.

O tutor que tiver interesse em testar seu animal deve procurar a Vigilância em Saúde, localizada na Rua das Aroeiras, n° 725, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

A leishmaniose visceral canina popularmente conhecida como Calazar é uma doença infecciosa não contagiosa transmitida tanto aos cães quanto aos seres humanos.

O contágio ocorre pela inoculação do protozoário leishmania infantum chagasi através da picada de um inseto conhecido como mosquito-palha ou birigui.

O protozoário causador da doença parasita as células de defesa do organismo do cão ou do homem causando uma série de problemas e levando a alterações de órgãos vitais. As crianças são as principais vítimas da Leishmaniose, que é uma doença crônica que se não tratada pode levar à morte na maioria dos casos.

Para evitar a proliferação deste mosquito é importante que a população mantenha os quintais livres de matéria orgânica como folhas, fezes de animais, restos de comida, já que são nesses materiais que as fêmeas do inseto põem seus ovos e geram uma grande quantidade de novos mosquitos que transmitem a doença para pessoas e cães.

É indicado também que seja realizada a poda de árvores regularmente mantendo o ambiente com luminosidade entre outras recomendações.

Os animais doentes podem apresentar fraqueza, emagrecimento, problemas de pele, crescimento anormal das unhas e alteração no funcionamento de vários órgãos e sistemas.

Vale lembrar que a Leishmaniose Visceral Canina é uma doença de evolução crônica e alguns animais infectados podem não apresentar nenhum sintoma.

Testes rápidos de covid-19 podem ser realizados nas ESF’s 1 e 4

O teste pode ser feito por pessoas acima de 10 anos e é totalmente gratuito

A Prefeitura de Sonora, por meio da Gerência Municipal de Saúde, promoveu nesta segunda-feira (10), no Parque da Cidade, o primeiro drive thru de testagem rápida gratuita de Covid-19 do ano.

Foram realizados 164 testes, sendo que 132 testaram negativo e 32 pessoas testaram positivo para a covid-19.

Os casos positivos para a doença receberam orientações dos profissionais da saúde no próprio local e serão monitorados pela Gerência de Saúde no decorrer dos próximos dias.

Aqueles que apresentam sintomas gripais como febre, dor de cabeça, tosse, coriza, dor de garganta entre outros, e que não conseguiram ir até o drive trhu nesta segunda-feira, podem procurar as unidades de saúde ESF 1 ou ESF 4, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e 13h às 17h, para fazer o teste.

De acordo com o boletim epidemiológico do dia 10/1, Sonora contabiliza 1993 casos de covid-19, 39 em tratamento e nenhum caso internado.

ESF 1 – UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE SONORA
Rua Chico Mendes, nº 652
Telefone: (67) 3254-3337

ESF 4 – UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA VISTA DO LAGO
Av. Pres. Tancredo Neves, Qd 190 – Lt 22

Sinal analógico de TV dará lugar ao sinal digital a partir de 2023

A meta do MCom é que até o fim do 2023 todos os municípios brasileiros com transmissão com televisão analógica em operação sejam digitalizados

O Digitaliza Brasil foi criado para viabilizar a conclusão do processo de digitalização dos sinais da televisão no Brasil. O programa vai levar, até 2022, o sinal digital a 1.638 municípios brasileiros que até hoje só transmitem em sinal analógico. Esse processo irá beneficiar mais de 23 milhões de brasileiros.

A TV Digital terrestre é um serviço aberto e gratuito que proporciona qualidade de som e imagem muito superior à da TV analógica, além de permitir a recepção em dispositivos móveis, como celulares, e a interatividade, inclusive por meio da integração com conteúdo de internet.

Desde o início de sua implantação, o Ministério das Comunicações vem desenvolvendo políticas públicas para a expansão do serviço a todos os municípios do Brasil, inclusive buscando garantir que as parcelas mais vulneráveis da população tenham acesso à recepção de televisão digital.

Ainda há no país 4.191 municípios que não concluíram a migração para o sinal digital, ou seja, ainda há transmissão dos sinais analógicos. 

Para cumprir este objetivo, o MCom instituiu o Programa Digitaliza Brasil, com a publicação da Portaria MCom 2.524/2021, que estabelece as diretrizes para a conclusão do processo de digitalização dos sinais da televisão analógica terrestre no Brasil. Com a medida, o Governo Federal concentra esforços para distribuir conversores à população e instalar equipamentos de transmissão para digitalização das emissoras de televisão, beneficiando milhões de pessoas em regiões sem acesso ao serviço de televisão digital.

As prefeituras e as entidades que executam o serviço de retransmissão de televisão nos municípios elegíveis, elencados no Anexo I da  Portaria MCom 2.524/2021, poderão manifestar interesse na adesão ao Programa Digitaliza Brasil. Após manifestação, caso a prefeitura e entidades sejam qualificadas, serão instalados equipamentos de transmissão para digitalização das estações analógicas em operação nos municípios.

Além disso, serão distribuídos kits de conversão do sinal analógico para o digital às famílias de baixa renda. Os editais de convocação das prefeituras ao Programa Digitaliza Brasil, contendo prazos, requisitos e procedimentos para a adesão, serão publicados no Diário Oficial da União e disponibilizados na Seção “Editais”.

Demais emissoras não localizadas dos municípios elegíveis poderão manifestar interesse para continuidade dos serviços de retransmissão em tecnologia digital, de modo a receberem autorização do MCom para execução do serviço (Clique aqui para manifestar).

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/mcom/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/digitaliza-brasil-1